INEG/AL presta apoio jurídico à capoeirista, vítima de racismo na Praia do Francês

No dia 21/09/22, Lucas Vieira, capoeirista, mergulhador e residente em Marechal Deodoro, foi vítima de racismo na Praia do Francês. Na ocasião, Lucas se encontrava segurando a âncora de uma embarcação quando foi perguntado por um turista a respeito do valor do passeio de barco. Uma senhora, moradora da região, tomou a frente de Lucas e respondeu que o mesmo não era responsável por aquilo e que apenas ficava pulando de galho em galho feito um macaco. Lucas prontamente realizou um Boletim de Ocorrência e em seguida entrou em contato conosco para que atuassemos em seu favor.

Jerônimo da Silva, membro de nosso Núcleo de Advocacia Racial está prestando todo apoio necessário para que mais um caso de racismo não fique impune. Dentre os encaminhamentos jurídicos, na esfera cível, será ajuizada uma ação por danos morais. O INEG/AL pleitea ainda que o caso seja transferido para a Delegacia de crimes contra vulneráveis (Delegacia Tia Marcelina) para que o caso receba um tratamento mais especializado.

Foi vítima de racismo? Não se cale!! Solicite nosso apoio!!

One Reply to “INEG/AL presta apoio jurídico à capoeirista, vítima de racismo na Praia do Francês”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: