Acervo


O Instituto do Negro de Alagoas dispõe de acervo bibliográfico especializado na História do Negro em Alagoas. O mesmo se encontra disponível para consultas de quem se interessar. Confira abaixo alguns de nossos títulos:

Clique aqui e confira todos os livros: Catálogo de Livros do Instituto do Negro de Alagoas.

ALTAVILA, Jayme de. O Quilombo dos Palmares. São Paulo: Cia. Melhoramentos, 1932.

AMORIM, Nadia Fernanda Maia de. Os Mórmons em Alagoas: religião e relações raciais. São Paulo: FFLCH/USP, 1986.

ANTUNES, Clóvis. Wakona – Kariri – Xukuru: Aspectos Sócio-Antropológicos dos Remanescentes Indígenas de Alagoas. Maceió: Imprensa Universitária da Universidade Federal de Alagoas, 1973.

AVELAR, Romeu de. Crônicas de Ontem e de Hoje. Maceió: Imprensa Oficial, 1948.

BARROS, Luiz Alípio de. “Zabumba”, o “Major” Bonifácio e o “Sururu da Negra”. In: Boletim Trimestral da Comissão Catarinense de Folclore. Ano II, nº 8. Florianópolis, 1951. (digitalizada)

CASTRO, Guiomar Alcides de. São Miguel dos Campos (Crônicas). Maceió: Departamento Estadual de Cultura; Imprensa Oficial, 1964.

CHAGAS, Clerisvaldo B; FAUSTO, Marcello; V. NETO, Pedro Pacífico. Negros em Santana. Santana do Ipanema: Grafpel, 2012.

DÂMASO, Jorge Pinto. Raízes do Malhada. Maceió: Edufal, 1982.

DIÉGUES JR., Manuel. A África na vida e na cultura do Brasil. Lagos: Segundo Festival Mundial de Artes e Cultura Negra e Africana, 1977.

DUARTE, Abelardo. Um Folguedo do Povo: o Bumba-meu-boi. Maceió: Edições Caetés, 1957.

FALCÃO, Pedro Barreto. O Banguê na Formação Econômica de Alagoas. Maceió: Syndicato dos Banguezeiros, 1937. (digitalizada)

FERNANDES, Judá. A Xícara do Padre: crônicas de um médico do interior. Arapiraca: Gráfica Novo Nordeste, 1998.

FOLCLORE, Comissão Alagoana de. Boletim Alagoano de Folclore. Ano III. Nº 3. Maceió: Imprensa Oficial do Estado de Alagoas, 1958.

FONTENELLE, Baby Paes. Minha Terra de Leite e Mel. Fortaleza: Imprensa Oficial, 1971.

HOLLANDA, Aurélio Buarque de. Dois Mundos: retratos e quadros (contos). 2ª Ed. Rio de Janeiro: Edições O Cruzeiro, 1956.

LAVENÈRE, Luiz. O Padre Cornélio (Scenas da Vida Alagoana). Maceió: Livraria Machado, 1921.

LEMOS, João Ribeiro de. Coruripe: sua história, sua gente, suas instituições. Maceió: Ed. do Autor, 1999.

LIMA, Estácio de. A Aeromoça e Outras Novelas Regionais. Salvador: Fundação Gonçalo Muniz, 1962.

LIMA JR, Felix. Tipos Populares de Alagoas. In: Boletim da Comissão Catarinense de Folclore. Ano VIII, nº 23/24. Florianópolis: CCF, 1957/ 1958. (digitalizada).

_______________. Escravidão em Alagoas. Maceió: Secretária de Educação e Cultura, 1974.

LINS, Lindalvo. Tambores em Ponta Grossa. (Ensaios). Maceió: Departamento Estadual de Cultura, 1966.

MELLO, Arnon de. África: Viagem ao Império Portuguez e à União Sul-Africana. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 1941.

MELO, José Maria de. Os Canoés (Romance). Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 1971.

MENDONÇA, Georgette. Viagem à África. Recife: Comunicarte, 1988.

MENDONÇA JR, Antônio Saturnino de. Tempo de Falar (Discursos e Conferências). Maceió: Sergasa, 1983.

MÉRO, Ernani Otacílio. Religião e Racismo: discriminação racial nas irmandades. Maceió: Sergasa, 1983.

Ministère des Relations Extérieures des Etats-Unis du Brésil. La Contribution de l’Afrique à la Civilisation Brésilienne. Marseille: Imp. Sopic, 1966.

PEDROSA, J. F. de Maya. Quilombos e Negritude a Serviço da Ideologia. In: A Defesa Nacional (Revista de Assuntos Militares e Estudo de Problemas Brasileiros). Rio de Janeiro: Nº 727, set/out, 1986.

ROSAS, Oséas. Macumba, Macumbeiros e Espiritismo. Maceió: Casa Ramalho, 1943.

SAVASTANO, Gilberto. Moleque Tião (Contos). Maceió: Casa Ramalho Editora, 1953.

SILVA, Daython Alexandre da. Escravidão, tráfico e ações de liberdade no século XIX: o caso de João. Maceió: UFAL, 2003. (Monografia).

VANDERLEI, Mário dos. No Tempo da Forca. São Paulo: Editora Monteiro Lobato, 1925.

VASCONCELOS, Cícero Teixeira de. O Bananal dos meus avós. Salvador: Editora Mensageiros da Fé, 1964.

VILLELA, Manoel Brandão. Álbum do Centenário (Município de Viçosa). Viçosa: Typographia Viçosense, 1931.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s