Mestrado em História/UFAL Constitui Comissão de Cotas Raciais

Em reunião do colegiado do curso de Mestrado em História da Universidade Federal de Alagoas, ocorrida no dia 04 de junho de 2014 com a participação do Instituto do Negro de Alagoas, foi debatida a possibilidade de adoção de um modelo de inclusão de negros e indígenas no quadro de alunos do referido curso. Após apresentação de programas de pós-graduação no país que já possuem tal iniciativa, o pleno do colegiado deliberou pela formação de comissão interna que terá por atribuição a construção de uma proposta de inclusão de negros e indígenas. Iniciativas dessa natureza já são realidade em programas de pós-graduação de Universidades como a Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Universidade de Brasília (UNB), Universidade Federal do Pará (UFPR). Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), dentre outras. O Instituto do Negro de Alagoas (INEG/AL) entende que a exclusão do negro e do indígena dos espaços de produção científica é uma realidade incontestável no país, e em Alagoas em particular. Tal quadro tem contribuído para a constituição de verdadeiros guetos do saber com seus próprios sistemas de blindagem seletiva que acabam por barrar o acesso daqueles segmentos aos espaços de excelência acadêmica do país. Em Alagoas, tal situação pode ser compreendida ainda como a manutenção do negro enquanto objeto dos estudos de folclore. É apenas dessa forma que é permitida a participação do negro no processo de produção de conhecimento em Alagoas. A inclusão de negros e indígenas em programas de pós-graduação no estado, vem reclamar uma dívida que a classe letrada local tem para com aqueles. Mas não é só isso (o que por si só, ainda assim não representa pouco). A inserção de tais segmentos contribuirá para o crescimento científico da instituição, na medida em que os mesmos trazem consigo experiências que lhes permitem o desenvolver de perspectivas diferenciadas daquelas do mainstream acadêmico, algo já percebido ha muito por instituições congeneres no mundo inteiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s