Entenda Porque o Juiz Frederico Dantas Negou a Ação Civil Pública Contra a UFAL

Afirmamos em nosso post anterior que a justiça muitas vezes se constitui num obstáculo a promoção dos direitos da população negra, ainda que tais direitos estejam inscritos em nosso ordenamento jurídico. Quando temos operadores do Direito que não tem muito (ou nenhum) acordo com as políticas afirmativas, a implementação de tais políticas se veem num horizonte cada vez mais distante. É disso que se trata o presente post: de como estão embasadas as decisões tomadas por nossos magistrados ou, dito de outro modo, como o racismo atua para o impedimento da devida aplicabilidade do que preconiza a Lei.

Confira abaixo a Sentença do juiz, a Apelação do MPF e o artigo publicado pelo magistrado no qual deixa suas impressões a respeito de nossas relações raciais.

https://www.conjur.com.br/2013-nov-18/frederico-dantas-censo-cnj-questiona-qual-minha-raca-juiz-cor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: